segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Fixação

Por facas

armas de fogo

e dentes de tubarão.


Por merda

pus e catarro

e toda e qualquer secreção.


Por cus

bucetas e falos

e órgãos de reprodução.


Por luz,

bíblias, sudários

e formas de salvação.



Paulo Eduardo de Freitas Maciel de Souza y Gonçalves


7 comentários:

Anacronica disse...

Ja "comintei" no garfo...que infelizmente, jaz na gaveta de talheres...

R.I.P.


Pobre garfo...

Paula Freitas disse...

É, tá obcecado coitado... RS

JavA disse...

boas e sábias rimas, caro fidel

Carlos Cruz disse...

por cada bota dada.

assim seja.

Deveras disse...

Gostei da condução.

ficanapaz

Claudia Menezes disse...

A escrita ficou boa, mas o conteúdo é meio pesadinho hehehe

Jarbas Siebiger disse...

Gosto de poemas construídos em tercetos. Fixação?

Abraço.