quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

A Tristeza


ah, tristeza
vem ver o mar
vem se afogar
nas águas
desses olhos
castanhos...

ah, olha só
que tenho feito
da vida
a despeito
do teu corpo
moreno...

vai, e colha
teus sonhos
plantados
e aguados
em adubos
estéreis...

vai, mostra
tuas garras
afiadas e
agarradas
em barris

de aguardente...

3 comentários:

Thin White Duke disse...

mto foda, já tinha lido pelo bar, acredito eu!

Claudia Menezes disse...

Muito legal o texto .. Nos faz viajar ..

Muryel De Zoppa disse...

A mesma cadência, secura que lhe são peculiares. Gosto desta linha.