terça-feira, 2 de junho de 2009

Conto de Adeus - Flá Perez

Assim deixei- o:

Nas mãos, o sapato pequenino
insinuando que tudo era
de tamanho igual.

- não sou aquela
que em frente ao espelho
se pergunta
"quem é a mais bela?"
e coisa e tal -

Perdeu a chance
de ver a marquinha
(branca como a neve)
do biquini fio dental.

Um bruxo deu - me a maçã encantada
e da princesa
não sobrou mais nada.

Perdeu seu conto de fadas,
pois o feiticeiro tem boa pegada,
mãos de bandoleiro
e já me levou pra estrada.

8 comentários:

Audrey Carvalho Pinto disse...

Adorei!!!! parabéns!!

Palavras de Osho disse...

Rsrsrs!!! Feitiço brasileiro!

Blog do Marllon disse...

Parabéns!!

Blá Blá disse...

Obrigada Pessoal!

Schwartz disse...

Bacana.

Allan Vidigal disse...

Bem gostado, Flá!

Iriene Borges disse...

Essa é a Flávia que eu admiro!!
Brincadedira séria

Stein Haeger disse...

Show de Bola!!
É sempre maravilhoso te ler,
a gente se envolve sem perceber,
na trama por ti elaborada,
nos vemos na mesma estrada,
e até no bandoleiro
que te carregou por aí.