sexta-feira, 20 de maio de 2011

Convidado Bruno Bossolan

Você nem imagina


Você que me vê
distante em
caráter singular

Não imagina as
tantas deformidades que
carrego por debaixo
do rosto
mascarado

Não imagina que
disfarço muito
bem quando tento
sorrir em um grupo
de palhaços

Não imagina o
obtuso rasgo
do tormento que
me arrebenta
me torce
me espanca
me tira o sono
e me joga contra a parede
dos estigmas

Não imagina que o
instinto é meu espírito
e o medo sempre consta
nas decisões imprecisas

Não imagina que
estou cagado e assado
e ninguém se compromete
em limpar minha bunda
com receio de se contaminar

Não imagina
que minhas mãos
são violentamente delicadas
e ferem a escrita em
busca do conforto
passageiro

Não imagina que arregaço
estripo
estrangulo
cada rosa que tenta

desabrochar no meu jardim
de lesmas
ratos e corvos e insetos da putrefação

Não imagina que
de dia sou couraça
e na noite pele
carbonizada
à pururuca nos pratos
dos paralíticos intelectuais

Não imagina o quanto
já fui fodido por
criar convicções onde
existia apenas a
saliência do vazio

Não imagina o solo
frágil e arranhado
por onde me equilibro
onde me arrasto
onde lustro com
a cara faminta
sendo que era apenas
pra cuspir com cuidado
e pisar devagar

Não imagina a
origem ou a falta
monstruosa de covardia
que busquei
quando pensei em
desistir da vida

Não imagina as intraduzíveis
intransgressíveis
incompreensíveis
atitudes imaturas
de quando chorei
no banheiro tentando
tirar o encardido
da agonia

Não imagina que a minha
sentença é a liberdade
e fico no compasso da
injustiça que cometo
quando tento me igualar
aos cegos mudos surdos
incapazes de sangrarem

quietos

Você me olha tão de
longe que não sente
o arrepio do meu frio
cardiovascular

Você nem imagina
o esforço que faço
pra te dar um
suspiro-abraço
no teu pensamento
distante

---
Bruno Bossolan

2 comentários:

BB disse...

Obrigado por postarem uma poesia de minha autoria! Fico imensamente feliz.

Só avisando que o endereço do meu blog mudou:

www.brunobossolan.blogspot.com

Grande Abraço!

Marina Garcia Lopes disse...

Prezados Escritores e Leitores.

Agora existe um espaço novo, onde escritores podem postar a sinopse de suas obras para um as editoras se interessarem em publicar a obra.
Podem publicar seus livros de forma segura com uma participação atrativa em percentual de vendas na EditoraClick, na forma de ebook, que revende ebooks através de site, sistema android para celulares, pads, tablets, computadores e note.
Artistas podem publicar obras.
Conteúdos aceitos: livros, video aulas, audio books, ebooks, apostilas de concurso, cursos, livros literários, livros científicos entre outros.
Venha conhecer esse novo universo.
http://www.scrittodigital.com.br