sábado, 4 de agosto de 2012

Intempestivo


INTEMPESTIVO
(Menção Honrosa no Prêmio Barueri 2009)


Sou absolutamente humano e fraco
absurdamente indefeso
ante as intempéries da natureza
e a grandeza da vontade Divina:

Passo pelos pórticos predestinados
seguindo as searas da  sina
vou vivendo variando
entre a cordialidade absoluta
e a bestialidade assassina;

Sou o que mói o trigo
mas não o separa do joio,
aquele que cria com carinho
o gado e o touro
e os abate  com sangue nos olhos
em seus últimos instantes no matadouro;

Sou a incógnita matemática
e a disrruptura lógica fundeada nos poréns;

Sou o que os biólogos apelidaram
homo sapiens sapiens

2 comentários:

algamarina disse...

Saludos azules desde mis olas...

Heitor Cândido disse...

Gostaria de entrar em contato com o blog por email.
qual o endereço de vocês?

aguardo resposta em:
santamarillo@gmail.com

Um abraço!