domingo, 11 de agosto de 2013

MILAGRES



MILAGRES

.
meu olho sangrou.-milagre, milagre, milagre!!!... o santo diz que é a cura da tal alma que enche verso e mais versos nessas poesias de dona de casa. milagre! o santo leu minha poesia e me penitenciou. nunca mais poetei por medo de pecar. melhor escrever barbaridades porque o mundo é de madame satã. há milagres que vem para o mal. milagre!! sangrei pelo ouvido. como se alguém dissesse que estou surdo, gritei blasfêmias ao deus local. milágre!, depois de me convencer de que o vermelho se transformara num roxo capenga embutido na face. e já era tarde pra acreditar que respirei restos de um sangue escorrido pelo nariz. -milagre!, antecipei à vindoura missa de domingo...
 .






*imagem da internet

Um comentário:

MPadilha (Me Morte) disse...

muito doido, cara, se eu não te conhecesse ia achar que era o alex plunk, kkkk doido, doido