terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Advinhos de Nós Mesmos


abri-me as entranhas hoje
a fim de ler
os presságios;

a dor surgiu de súbito,
enquanto o sangue jorrava
pelas minhas mãos trêmulas
que deixavam cair, impotente,
o gládio.

e então eu vi, amor,
sim, eu consegui ver
com meus olhos ainda arregalados,
trespassado por correntes
elétricas de dor,

assim como tu também o viste...

o sinal era bem claro:
seremos felizes.

André Espínola

Um comentário:

Katrynna Chacon disse...

Olha, amei o seu blog. Muito bonito e você escreve muito bem. Adorei. Estou seguindo!
Esse é o meu blog, passa lá! (:
garotaestapafurdia.blogspot.com
Bjs!