sábado, 29 de março de 2014

“O silêncio dos culpados”

Se são inocentes, não sei... Sei que não falam. Não calam por dentro, mas também não bradam por fora. São elos de uma democracia falsificada. Querem começar o dia, admirar a tarde, terminar a noite e dormir... Mais nada! MPadilha 26/03/2014

2 comentários:

Victor Canti disse...

e bota falsificada nisso aí!!

MPadilha (Me Morte) disse...

...pois é Victor, rs, valeu!