domingo, 16 de março de 2014

Porto Belo

E lá estava eu novamente
me arrastando até a privada para
vomitar
depois voltando a beber no sofá
em meio a garrafas pet de vinho
barato,
bitucas e várias folhas de poemas
e contos batidos à máquina.

Não era bem isso
que eu queria da vida
quase todo dia
repetindo a mesma cena ridícula
talvez isso passe
como esta linha que escrevo agora

ou esta, quem sabe.

3 comentários:

Cadinho RoCo disse...

Quando a gente menos espera eis que surge o dizer do que de fato queremos dizer.
Cadinho RoCo

MPadilha (Me Morte) disse...

é a realidade de todos nos aqui do outro lado do PC, bom.

Júlio Freitas disse...

Grato pela leitura