domingo, 10 de junho de 2007

Convidado: MaicknucleaR

Dançando Valsa nos Salões do Inferno

...Rompi, também, os limites daquele pequeno portal que nos levava, leves e teatrais, à um mundo de hedonismo recalcitrante e luxúria psicotrópica. Um "mundo" onde os desejos mais sociopaticamente sórdidos e pervertidos, davam vazão ao ato, a experiência (tipo uma casa de profissionais "liberais" nos anos oitenta do século passado, tá ligado?!). Um lugar onde a polpa da lisura moralista descia, como bosta, privada abaixo. E toda torpe fé que havia no âmago daqueles tristes seres de ideais sempiternos, transformava-se num saboroso, mortal e corruptivo pecado. E ao atravessar, finalmente, os limites da casta sanidade, rumo ao gelado piso de hiperbólica voluptuosidade, os anjos que nos olhavam, prostavam-se aos nossos pés mundanos. E beijavam com devoção, a venda de nossas almas aos bailes salafrários, enquanto nos serviam ácido em belíssimas taças de cristal. "E eu?". Eu era apenas um cara que queria o mundo e contentava-se com pouco. Vinho e violão. Uma vaca que me despreza...

Maick Thiago Lênin, vulgo MaicknucleaR, 25, paulistano, nascido em 28/09/81, compositor desde os 9 anos de idade, cantor, produtor musical amador, músico, editor da Revista Lasanha e atual vocalista e guitarrista da banda Revolta Brasileira, ama Sublime e escreve na tentativa de evitar a morte.

4 comentários:

Deveras disse...

A belíssima taça de cristal contendo ácido explica o texto. Uma viagem.

Me Morte disse...

Perde-se tanto até se perceber o valor das pequenas coisas. Eu me contento com papel e caneta e muita cerveja, assim crio os cristais, os diamantes, os hipócritas, todos guardados entre alguns parágrafos como marionetes, só eu manipulo. Tu é fera cara, muito inteligente esse teu texto. Cuide para que teu violão esteja sempre afinado e teu copo sempre cheio, para nosso deleite. Beijos

Anderson H. disse...

Realmente é uma viagem. Gostei.

Larissa Marques disse...

Menino, que surpresa te encontrar aqui, sarcasmo cáustico é com você, não é?
Feliz por te ver aqui, feliz por participar da Revista Lazanha!
Beijo grande!