segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Convidada Karla Jacobina

SEMPRE QUE SOU DESPEDIDA

Sempre que sou despedida
Chove um poema
Escrevo uma gota
Choro um delete
Clico uma lágrima

Sempre que sou despedida
Rasgo o chefe
Xingo rascunhos
Roubo memórias
Arquivo agendas

Sempre que sou despedida
Abraço amizades
Abraço fofocas
Abraço braços
com mangas de despedida

Sempre que sou despedida
Apago a porta
Fecho a luz
Assovio janelas
Abro uma música
e uma breja bem gelada

Sempre que sou despedida
Me sinto um pouco mais pra lá
De incompatível

---

Karla Jacobina nasceu em Cuiabá-MT e atualmente mora em Sampa. Se formou na faculdade de Direito, onde aprendeu a escrever errado e a falar bonito. Logo, se tornou escritora, roteirista e atriz.
Foi Coordenadora de Literatura do Projeto Macabéa. No mesmo ano foi colunista, ao lado de Zé Rodrix, Ulisses Tavares e outros escritores consagrados em um blog de literatura. Administrou a antologia virtual feminina “Versos de Falópio” e atualmente integra o grupo "Poetas do Tietê". Marcou nobre presença de palco em peças de teatro, eventos de literatura, além de colaborações em jornais e revistas. Atualmente ministra uma oficina de poesia e artes integradas no Centro Cultural Tendal da Lapa. Além disso, Karla Jacobina é formada em danças ciganas.

Seu primeiro livro “EGA – o que nem Freud explica” foi publicado em ago/2009 e conta com poemas, contos e crônicas femininos que, variam em um degradê vermelho ao rosa-calcinha.
A característica mais marcante em seu trabalho é impedir que o texto morra no papel: "O papel não é uma morte, mas é uma cama, confortável demais para os meus textos". Assim, Desenvolveu um espetáculo lítero-cênico-musical com monólogos do livro, com direção teatral de Cissa Lourenço e trilha sonora de Marcelo Ferrari. Sua última novidade é a estréia do seu programa de TV EGA [no ar], em que levará o livro e o palco para a telinha.
Mais sobre a autora: www.karlajacobina.com



---
Karla Jacobina

5 comentários:

Karla Jacobina disse...

Giovani!

Que presente especial, estar aqui contigo, no seu boteco.

Adorei o artigo e me diverti muito lendo sua própria definição em seu perfil.

Sucesso pra vc querido.

Um beijo.

Iriene Borges disse...

"Sempre que sou despedida"

É poesia

Giovani Iemini disse...

sim, e a karla é maravilhosa.

Anônimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ viagra achat
http://commanderviagragenerique.net/ viagra generique
http://viagracomprargenericoespana.net/ viagra
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ acquistare viagra

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ prix cialis
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis achat
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis in farmacia
http://preciocialisgenericoespana.net/ comprar cialis