domingo, 13 de setembro de 2009

Dupla Existência, Existência de Duplo

Caminhei como um fantasma em matéria e também em espírito,
A mortalha que me cobre é mutável como minha forma,
Hoje sou amigo de vivos e mortos, com ressalvas lógicas,
A alcova onde durmo é um sarcófago em um mausoléu.

Descobri mistérios da morte e agora recebo oferendas,
Tenho sentidos e habilidades incompreensíveis aos vivos,
Libertei-me da fragilidade mortal, estou imortalizado,
Tenho ciência de outros planos, sou parte de algo maior.

Anúbis me guia até os portões, Thoth relata minha vida,
Maat retira sua pluma, Seth me acusa, todos me observam,
Osíris, Ísis e Hórus aguardam meu espírito transfigurado.

Parte de mim é Ba, parte é Ka, juntos sou Akh,
Tenho quarenta e dois juízes antes do Amenti ou Abismo,
Meu coração será avaliado, apenas aguardo o resultado.


- Mensageiro Obscuro.
Janeiro/2008.

2 comentários:

Reginaldo Santos Silva disse...

bacana, eu não entendo muito das tradiçoes egipicias, mas bacana gostei.

Abismo do Obscuro disse...

Obrigado por comentar.