domingo, 20 de dezembro de 2009

Ouve


Ouve o silêcio, viajante ouve o silêcio
Veja a maravilha que nele habita
Esteja lá e viva cá.

Caos, violência e insensatez

No silêcio tudo se disfaz
Lá não há forma,
Há apenas paz.

Um comentário:

Reflexo d Alma disse...

Composição linda...
paz é uma palavra
linda, uma ação nobre, porém ainda um tanto confusa ao ser interpretada.
Que bom que seu texto fala da ausência de barulho,
mesmo que haja paz
em meio a barulhos e sons.
Pois ela esta dentro,
em nós...
também.
Bjins entre sonhos e delírios