sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Motivo


Minha alma é tão grande
E também é tão pequena
Que não sei fazer romance
E só deito no poema.

7 comentários:

Jefferson Reis disse...

aksoaksoa, que fofo!

Jefferson Reis disse...

aksoaksoa, que fofo!

Faa Cintra disse...

lindo

CARLA STOPA disse...

Grande ou pequena...Sempre cabe no poema...Grande abraço.

Iriene Borges disse...

Lindo.

Denise Kreischer disse...

Adorei!

Barbara Leite disse...

Maravilhoso!
PArabéns!