segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Comunicado extra-oficial

Me enchi de metedrina
peguei a mochila e saí
desviando de alguns morcegos
e demônios com dentes arreganhados

Explodi a prefeitura,
bombas caseiras, saca?

Empurrei uma velhas
em frente à ônibus que passavam
uma delas teve a cabeça esmagada pelas rodas

Esfaqueei uns pé-de-porco
entrei com um Opala e tudo no Carrefour
fiz uma limpa
os seguranças eram frouxos
deixei todos se estrebuchando

Fiz uma chacina
no prédio da Zero Hora
os filhos da puta recusaram um poema meu

Estuprei a garçonete do buteco
depois a afoguei na privada
já não me servia pra mais nada

Abri o manicômio e o presídio
deixei todos fugirem
são meus fiéis seguidores

É só o começo
fazia tempo que eu não andava por aqui
vocês ainda vão ouvir muito sobre mim

Estou de volta
meu nome é Jesus

Está aberta a temporada da degola.

6 comentários:

Ariana disse...

Sem palavras pra esse post, simplesmente!
Diferente e ao mesmo tempo envolvente.

Beijos

Nequéren Reis disse...

Olá!!!, Deus te abençoe, amigo boa noite poema lindo, o seu blog é ótimo sucesso, já estou te seguindo, Aguardando Retribuição.
Canal Youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis
Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

José Henrique disse...

Olá gostei muito do teu blog e estou passando aqui para deixar o meu blog,talvez você se interessa.
É só dá uma olhadinha e se gostar é só se tornar seguidora :)
http://coisasdemeninos91.blogspot.com.br/


Anônimo disse...

carai,
tirando o primeiro comentário, será que os outros ao menos leram o poema?
hehehe.

Júlio Freitas disse...

Adoro estes comentários onde as pessoas cagam para o post e ainda pedem uma visitinha.

Mas deus não irá abençoar este poema.

Júlio Freitas disse...

Jesus vai abençoar a todos que realmente leram.