quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Papo Cabeça

Fim-de-ano se aproximando, o recesso nas aulas começa, alunos entram em férias... e os professores continuam mais uns dias em seus trabalhos, fazendo conselhos de classe, reuniões, preparando-se para o novo ano que se anuncia...
Esta história, por exemplo, aconteceu num momento em que nenhum professor estava fazendo absolutamente nada, mas apenas aguardando o início oficial das férias.
Estavam numa sala de aula vazia Carla, Mirela e Josué. Três professores que se davam muito bem no ambiente escolar, que tinham uma bela e recíproca afinidade. Josué queria muito que suas colegas lessem as histórias que ele vinha publicando em um blog nacional, para saber da opinião das colegas. Foi mais ou menos assim que o papo se iniciou:
JOSUÉ: Meninas, vocês lembram do blog que eu disse que comecei a escrever, no início do semestre?
CARLA: Ahãm... acho que lembro! (Carla responde enquanto mexe em seu smartphone)
MIRELA: Ah sim, você comentou alguma coisa...
JOSUÉ: Pois então minhas histórias estão começando a bombar, uma galera já leu...
MIRELA: Ah, aproveitando para perguntar, tem histórias infantis no blog?
JOSUÉ: Não, é só para adultos...
MIRELA: Ai, que pena. A Lívia, minha filhinha, está querendo começar a ler, vocês acreditam?
CARLA: O quê? (Sem desviar o olhar do smartphone)
MIRELA: A Lívia, já está começando a ler! Com três aninhos... Quer dizer, ela meio que adivinha as coisas, mais por intuição... mas como ela é inteligente, não?
JOSUÉ: Legal Mirela. Mas como eu ia dizendo...
CARLA: Nossa, amiga, que legal! (neste momento, Carla desvia por cerca de 5 segundos o seu olhar do smartphone)... ah, olha aqui no meu celular o que eu achei para ela, um vídeo bem bacana no Youtube com criancinhas usando fantasias de bichinhos (o olhar atento de Carla mira o smartphone novamente, Mirela vai ao seu lado e começa a olhar também).
JOSUÉ: Vocês já leram o blog alguma vez, meninas?
MIRELA: Ai, que máximo! Esse mesmo vídeo foi passado no encerramento da escolinha da Lívia! Como eu faço para baixar, Carla?
CARLA: Eu te mando o link por e-mail, amiga. Não se preocupa, não.
MIRELA: A propósito, tem uma loja aqui no centro especializada em fantasias infantis, vocês já viram?
JOSUÉ: Ainda não.
CARLA: O quê? (olhando para a tela do smartphone)
MIRELA: Uma loja de fantasias infantis. Quero ver se acho estas mesmas fantasias deste vídeo, a Lívia ia ficar uma graça vestida de tartaruguinha... e a de ursinho, não é uma graça?
CARLA: Uiiii... que nojo!
MIRELA: O quê? As fantasias?
CARLA: Ãh? Ah, não, não. Olha este vídeo que eu recebi no What’s App, que nojo... o cara tá... não acredito... não pode ser verdade!
MIRELA: Deixa eu ver, deixa eu ver (Mirela pega seus óculos na bolsa para ver melhor)
CARLA: Acho que não é fake. Parece real, né?
MIRELA: Puxa vida... será? Isso é um... é o que estou pensando?
CARLA: Vem ver Josué, vem cá!
JOSUÉ: Olhem vocês aí, depois eu assisto. Tá acabando?
MIRELA & CARLA: (ambas concentradas assistem o vídeo por mais 30 segundos, sem dar nenhuma resposta)
CARLA: (ao término do vídeo) O que você falou, Josué?
JOSUÉ: Me manda depois que eu assisto.
MIRELA: Olha agora, Josué! Só pra gente poder ter assunto pra conversar! É muito louco este vídeo! Ai gente, eu espero que a Lívia não assista estas coisas... tão cedo.
JOSUÉ: Todo dia 19 eu publico no...
CARLA: Olha quem tá online!
MIRELA: Quem?
CARLA: O Glodi. Da academia. Me mandou um “curtiu”! (olhar ávido para o smartphone, quase voraz)
MIRELA: Glodi, Glodi.. não tô lembrada dele...
CARLA: O Glodi, instrutor da academia. O troglodita, menina!
MIRELA: Ah não me conta que aquele gostoso é teu contato, não brinca! Qual o apelido dele mesmo?
JOSUÉ: Apelido do apelido.
CARLA: É Glodi. É que apesar de ele ser chamado de troglodita há muito tempo, os mais chegados chamam ele só de Glodi. Ele não curte muito troglodita, na real... Olha as fotos do perfil dele, Mirela, olha isso...
MIRELA: Hum hum... bem interessante... quem me dera o pai da Lívia fosse gostoso assim...
JOSUÉ: Bem meninas, o papo tá bom, mas tenho que ir até a minha sala. Só para reforçar, quando puderem visitem o blog para dar uma lidinha lá. Acho que vocês vão gostar, de verdade.
MIRELA: Ah sim, claro. Se a Lívia deixar, porque ela quer atenção total para ela quando estou em casa, sabe como é...
CARLA: (um rápido olhar para Josué) Hum, sabe que eu quero ler, né... mas é complicado, eu ando tão sem tempo ultimamente. Eu até queria...
MIRELA: Ele tá online! (olhar de empolgação para o smartphone de Carla)
CARLA: Jura? Quero ver! (olhar brilhando para a tela do smartphone)
Josué deixa a sala sem ser notado. Andando pelos corredores da escola, segue pensando em seu blog, mas também no seu livro a ser publicado, e nas leituras interessantíssimas que tem feito ultimamente. Algumas delas, descobertas ao acaso na Internet. Da mesma forma que muitas pessoas leem o que ele, Josué, publica na internet. Assim, ao léu.

3 comentários:

Gabriel Machado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gabriel Machado disse...

Eu gostaria de que a comunidade aqui do bar do escritor também fosse mais participativa, já que vc tocou no assunto. O objetivo desse espaço seria promover a divulgação e a interação dos escritores. O que não vejo acontecer.
Parece que as pessoas publicam no dia delas e nem leem as outras postagens. É uma pena.

André Bortolon disse...

Você tem razão Gabriel! Devemos interagir mais uns com os outros a respeito de nossas histórias;
é sempre bom ouvir opiniões, especialmente de outros escritores. Li quando você escreveu como convidado, e tenho tentado ler mais o blog; há muita coisa interessante a ser lida, e isto é contagiante.
Sou um pouco reservado quanto a dar opiniões a outros escritores, acho que talvez não estou no momento para isto.
Mas valeu por participar, terei o prazer de comentar algo a respeito e sua escrita!