quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Convidada Lêda Selma



                          UMA QUENGA DAS BOAS

             
            Olhe, amigo, ontem me refestelei como há muito não fazia.
            – E foi? E a refestelança se deu de que modo, homem?
            – Do modo que todo homem merece, ora!
            – Virgem, e foi?! Mas que mal pergunte ao amigo, como foi?
            – Vou principiar pelo início. Bote tento e aguce os ouvidos, hem!?
            – Tento boto, e redobrado, e os ouvidos já afiei. O amigo principie.
      Primeiro, escolhi a pretendida. Então, montei o cerco, fiquei
na vigília e encantoei a danada.
– Hum!... a danada, é? E aí, danou-se!
– Nem tanto. Já na primeira investida, ela se esquivou e fugiu...
– Quer dizer que a danada pôs a fuga no trote e desfeiteou o amigo!?
– Mas insisti. E de novo. Corre aqui, escapa ali e ela esperneando...
– E entre um esperneio e outro...
      Segurei com força a bendita que, desassossegada, arrepiou e
rebundeou...
      E entre um arrepio e um rebundeio...
      – Ela se rendeu.
– Rendida, rendida, em seus braços, siô?!
      – Também, pudera: eu ali, resolvido, com o fôlego alterado, o
desejo pidão...
– Um felizardo, o amigo! Aí num quieto, num calado, sonso que só...
      – Ah! e que coxas, criatura! De aguar a boca, os olhos, a vontade...
      Principalmente, a vontade...
– Bem, vou desativar o princípio e ativar a continuação...
– Virgem, e é aí que a coisa vai esquentar...
– Ainda não, se aquiete! Antes da esquentação, tem o ajeitamento, ora!
– Bem lembrado... O ajeitamento... 
      – Dominei a fulana e, no maior capricho, apalpei tudo e deixei
a tal peladinha.
– Que suadeira, amigo! Pe-la-di-nha? Desnudadinha? Em pelo?
– Em pele. Pele e carne. E quanta abundância...! A peitaria, então, que fartura!
       – Valei-me, protetor dos invejosos! Farta, sim, é a inveja que
me desarvora...
– Compostura, homem...!
– Sim. Mas deixe de lado a continuação e chegue logo na consumação,
– Se acalme! A pressa é inimiga da detalhação. Como lhe dizia...
      Peladinha, com as coxas, peito e abundâncias a seu dispor...
– Eita gastura a sua, homem! Ajeite o desajeitado e me escute, criatura!
– Bem sugerido! Então, pe-la-di-nha... Ai, o que abunda sempre agrada!
– E no ponto pra virar quenga! Uma quenga deliciosa...
– Quen...ga?! Assim, quenga, quenga?!
– Quenga, homem, quenga!  E quenga de primeira. 
– Modelo quengão? Quenga gostosa, cheirosa, carnuda...
– Quenga de primeira, das melhores. Encorpada, aloirada, cheia de suculências e quenturas...
– Minha Virgem, por piedade, uma sobrinha que seja! Ih! não é de bom tom abordar tal assunto com uma virgem, ainda por cima, santa! A senhora me desculpe o mau jeito...!
– Sobrinha? Que mal há? Afinal, somos amigos. Por que não...?
– “Por que não...?” O amigo quis dizer o quê?
– Que vou lhe ceder a quenga!
      O amigo descerebrou!
– Ela está ali, ó, no descanso... E quenga dormida é boa por demais...
– Minha Virgem, acuda o homem! Me ceder sua quenga...?
– Sim. Ou o que restou dela. Depois de ontem à noite...
– E que noite, posso até imaginar...!
– De revirar os olhos! Ela sobre a mesa, remexendo-se, hum,
ao mais simples contato...
– O quê...?! Em cima da mesa? O amigo, pelo visto, abusou...
– Até me fartar, ufa! E, como lhe disse, a quenga é sua agora.
Dê um trato na dita! 
– O amigo perdeu de vez a compostura...?! O que é isso?! Me ceder a quenga depois de uma noitada...! Se atipe, siô!
– Ande, a gostosa está à sua espera! É só afogueá-la e...
– Pare de troçar comigo, moço! Vê se pode: eu e a quenga do amigo, em sua própria casa...!
– Eu mesmo vou reanimar a cheirosa e deixá-la no jeito pra você, sossegue!
– Espere aí! O amigo extrapolou e até me ofendeu...
      – Tome tenência, homem, e venha logo, venha, se adonar da saborosa...
– Me adonar da... por favor, amigo, judiação tem limite!
– Se adonar, sim, da galinha que virou quenga ou, se preferir,
engrossado de fubá!    

---
Lêda Selma
poetaledaselma@hotmail.com


Um comentário:

Jessiiiih =) disse...

Ameii aqui, so passando rapidinho pra te convidar a visitar meu cantinhoo


Pagina do blog no facebook,curte?
http://umagarotacitouu.blogspot.com.br
Beeijos :*