sábado, 21 de julho de 2007

Paisagem Lunar

foto: Angela Gomes.



Estrelas desabam luz transitória

Incrustando-se na areia fina,

Pesada e úmida.

Rotina das mariposas, dos crustáceos

E aves noturnas de rapina.

Barcos abandonados adormecem.

Outros, singram profundezas atlânticas

Entre o sonho e a escuridão,

Seguidores de cardumes,

Cartas náuticas ou metáforas e semânticas.


Um pescador lança a tarrafa.

Os pés afundam-no na teia

Na trama do arrasto de ondas seculares

A deflagrar fogueira.


Reflexo das explosões solares,

Ascendente chama purpurina.

Incandescente espelho, vertigem,

Peixe-pássaro de fogo, lamparina.


Adensa-se na amplitude

A embarcação que retorna.

Crianças correm e, logo,

Com vagas ao entorno

A canoa repousa o seu cansaço,

Emaranhada pela luminosidade da noite

Que amanhece com o horizonte salgado

Mergulhado na lua cheia.

8 comentários:

Mão Branca disse...

benvinda, ângela, boa estréia!

Deveras disse...

...Cartas Náuticas ou metáfora e semânticas...

Belas imagens, bem entremeado o poema, gostei muito.

E esteja em casa.

ficanapaz

Angela Gomes disse...

Grata pela leitura, comentários e acolhida.
Navegar neste espaço do BDE é uma grande honra pra mim.

Saudações Poéticas e Etílicas!

Me Morte disse...

Aí, fez bonito Angela. Gostei de tua estreia e de teu nome, lindo nome. Seja bem vinda. Beijos

lena casas novas disse...

Li com muita atenção. Bem contruída.Acredito que tenha um estilo novo e própio.

elaine disse...

Belíssimas imagens

Anônimo disse...

Classificação Fiscal, NCM, Software

Anônimo disse...

Classificação Fiscal, NCM, Software